Poesia para cantar a nova vida

Jovens que largaram as drogas com auxílio de uma ong, na Capital, autografam, na Feira do Livro, obra com poemas e contos sobre suas experiências

Por meio de versos e rimas, oito jovens estão reescrevendo a história de suas vidas. E, neste sábado, vão dividir a alegria do recomeço longe das drogas com os visitantes da 58ª Feira do Livro de Porto Alegre.

Eles são integrantes do programa de Reinserção Social da Pacto/Poa (Programa de Auxílio Comunitário ao Toxicômano de Porto Alegre), que participam há oito meses de uma oficina literária, e vão autografar o livro Sentimentos, da editora Pragmatha.

– Tudo o que eu queria era um terreno propício para jogar a semente da poesia. Para minha surpresa, encontrei um campo muito fértil – conta a professora Mara Carvalho Leite.

Jovens falam de vida e esperança

O trabalho é coordenado pela equipe do projeto Terceiro Olhar. Além da leitura de poemas, a oficina foi conduzida a partir de temas como vida, família, amor, medo e fé, com destaque para as vivências de cada jovem.

“Mostramos que somos capazes”

Márcio Viana, 33 anos, do Bairro Belém Novo, está há dois meses na Casa de Reinserção Social. Para ele, a poesia ajudou a expor sentimentos:

– Devido à história de vida, drogadição, crime, a gente se exclui da sociedade, da família. Aqui, estamos mostrando que somos capazes.

Diretor da Casa de Reinserção Social, Julio Cruz, explica que a literatura é tema de uma das oficinas que fazem parte da etapa posterior ao atendimento na fazenda terapêutica, que é de nove meses.

– Queremos preparar o jovem e, em um determinado momento, encaminhar para uma empresa – observa.

Saiba mais

O livro

O lançamento do livro Sentimentos na Feira será no sábado, às 16h.

A obra é uma coletânea de poesia e prosa.

Os autores são Anderson Rosa Gomes, Edimar Alves Domingues, Fábio da Silva, Rafael Xavier Silveira, Lucas Aurélio Gonçalves Câmara, Osmar Fernando Paim Marques Júnior, Márcio Viana dos Santos e Fernando Porto da Silva.

O livro, da Editora Pragmatha, custa R$ 10. Haverá exemplares à venda no lançamento

A ong

A Pacto/Poa é uma ong criada em 1989. Tem como objetivo a prevenção, a recuperação e a ressocialização de dependentes químicos.

O atendimento é voltado exclusivamente para rapazes com idade a partir de 18 anos.

Mais informações: www.pactopoa.com.br.

Mãe está orgulhosa

Computadores e livros, instrumentos distantes da realidade de Fábio da Silva, 31 anos, durante a infância e a adolescência, hoje fazem parte da rotina dele.

– Nunca entrei em uma escola – conta Fábio, que foi engraxate, guardador de carros e pedia comida na rua, quando guri.

As primeiras letras estão sendo apresentadas a ele na oficina de alfabetização. Viraram poemas, com a ajuda da professora Mara, que colocou no papel as ideias ditadas por ele.

– Para mim, só faltava a morte. Sempre me achei um inútil, que só dava valor para o crime. Se não estivesse aqui, nem sei onde estaria – recorda Fábio, que ficou preso durante oito anos.

A faxineira Ana, 45 anos, mãe dele, vive o orgulho pela participação do filho na obra que será lançada na feira.

– Eu jamais quero apagar o sorriso da minha mãe – afirma Fábio.

DIÁRIO GAÚCHO


Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *


5 + = doze

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.